Criança de até 7 anos terá de usar cadeirinha a partir do dia 1º

PM de São Paulo promete só começar a multar no dia 6; quem descumprir as normas, receberá multa de R$ 191,54 e sete pontos na carteira de habilitação

Priscila Trindade, estadão.com.br

27 de agosto de 2010 | 17h43

SÃO PAULO - O uso de cadeirinha passa a ser obrigatório a partir de 1º de setembro, quando crianças de até sete anos e meio deverão ser transportadas obrigatoriamente no banco traseiro do carro utilizando o dispositivo de retenção.

 

Veja também:

linkTire suas dúvidas sobre as cadeirinhas infantis em veículos

 

Apesar das novas regras passarem a vigorar no dia 1º, a Polícia Militar de São Paulo promete só começar a multar no dia 6. Antes disso, as blitze previstas para ocorrer em todas as regiões da capital paulista terão apenas caráter educativo.

 

De 1º a 3 de setembro, o Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) planeja realizar 36 blitze em bairros com grande número de escolas. Serão 12 por dia - sendo seis de manhã e seis à tarde. Nos dias 4 e 5, fim de semana, não haverá operações. No dia 6, as autuações passam a valer.

 

De acordo com a Resolução 277 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), crianças de até 1 ano de idade deverão ser transportadas no bebê conforto; de 1 a 4 anos, em cadeirinhas, e de 4 a 7 anos e meio nos boosters.

 

Quem descumprir as normas, receberá multa de R$ 191,54 e sete pontos na carteira de habilitação, além da apreensão do veículo até que a irregularidade seja sanada.

 

A nova regra deveria ter começado a valer no dia 9 de junho em todo o País, mas foi adiada porque os produtos estavam em falta no mercado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.