Cremação de secretário de Saúde de SP será restrita à família

Cerimônia será feita no Crematório de Vila Alpina; Luiz Roberto Barradas Barata, 57 anos, faleceu neste sábado, 17, às 20h50, vítima de um enfarte do miocárdio

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

19 de julho de 2010 | 08h26

SÃO PAULO - A cremação do corpo do secretário de Saúde de São Paulo, Luiz Roberto Barradas Barata, de 57 anos, está marcada para as 11 horas desta segunda-feira, 19, e será restrita a parentes, a pedido da família.

 

O corpo já está no Crematório de Vila Alpina, na zona leste da cidade, onde será feita a cerimônia, segundo informações de funcionários do crematório. O velório foi realizado neste domingo na Santa Casa de São Paulo, no salão nobre da Provedoria.

 

O médico sanitarista, um dos fundadores do Sistema Único de Saúde (SUS), e secretário de Estado da Saúde de São Paulo, faleceu neste sábado, 17, às 20h50, vítima de um enfarte do miocárdio.

 

Ele sentiu-se mal em casa e deu entrada no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia por volta de 19h já com parada cardíaca, segundo informações da Secretaria da Saúde.

 

O secretário foi submetido a um procedimento de cinecoronariografia (cateterismo de urgência), quando foi constatada obstrução completa do tronco coronário principal. Apesar de todos os esforços realizados, o secretário não respondeu aos procedimentos e faleceu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.