Felipe Rau|Estadão
Felipe Rau|Estadão

Estação da Luz terá de receber obra de contenção para ser liberada

Defesa Civil só vai liberar prédio após intervenção de engenheiros; local permanece fechado nesta quarta-feira, 23

Rafael Italiani, O Estado de S.Paulo

22 Dezembro 2015 | 22h14

O laudo preliminar do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) feito a pedido da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) aponta que a Estação da Luz terá que receber obras de contenção para garantir a segurança dos cerca de 300 mil passageiros que circulam diariamente pelo local.

Segundo Milton Persoli, coordenador municipal da Defesa Civil da capital, só com as intervenções é que órgão irá liberar a passagem de usuários do sistema metroferroviário. Parte do prédio ficou comprometida após um incêndio destruir o Museu da Língua Portuguesa que fica no mesmo imóvel da estação.

Persoli recebeu as informações dos engenheiros do IPT que passaram mais de 10 horas dentro do imóvel. A avaliação deles será confrontada com a feita pela Defesa Civil, que é da Prefeitura de São Paulo. Na manhã desta quarta-feira, 23, a prefeita em exercício Nadia Campeão (PC do B) e o coordenador vão se reunir para decidir sobre a abertura no local.

A estação pode tanto ficar fechada quanto abrir de forma parcial, mantendo interditada uma das três plataformas. Persoli explicou que, pela característica do tipo de obra, a intervenção deve ser "razoavelmente", rápida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.