CPTM diz que já pagou todas as ações extrajudiciais

A CPTM informou, por meio de nota, que pagou todas as indenizações definidas em ações extrajudiciais. E reforça que fez acordo com cinco das nove famílias dos mortos. "Os outros casos, que optaram por recorrer à Justiça, ainda tramitam no Poder Judiciário."

, O Estado de S.Paulo

18 de julho de 2010 | 00h00

Sobre os feridos, disse que na ocasião cadastrou boa parte dos acidentados. E disponibilizou "atendimento domiciliar, promovendo assistência médica, incluindo reabilitação física, social e psicológica às vítimas e suas famílias".

A reportagem questionou quantos feridos foram indenizados, quanto em média cada um recebeu e qual o valor total gasto nos acordos extrajudiciais. A CPTM não respondeu. Também não se manifestou sobre a acusação da defesa das vítimas de que periodicamente faz pedidos de laudos e testemunhas para arrastar o processo judicial. / R.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.