CPTM abre nova licitação para adquirir mais oito trens em SP

Novas composições terão oito vagões com ar refrigerado e sistema de câmeras, e deve custar R$ 120 milhões

Carina Urbanin, Agência Estado

24 de abril de 2008 | 18h19

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) vai adquirir oito trens de oito vagões cada, num valor total de aproximadamente US$ 120 milhões, sem impostos, conforme licitação internacional aberta pela empresa. O prazo para a entrega das propostas pelas empresas interessadas em participar da licitação termina na próxima quarta-feira, 30. Os novos trens serão utilizados na linha 9-Esmeralda (Osasco-Autódromo de Interlagos). Segundo a CPTM, com essa licitação o total de vagões adquiridos e em fase de aquisição pela companhia chega a 432, só nesta gestão. Os novos trens serão construídos em aço inoxidável, com ar refrigerado, sistema de monitoramento por câmeras, detecção e combate a incêndio, painéis eletrônicos de comunicação, acessibilidade total, sistema de comunicação auditiva digitalizado, registradores de eventos (caixa preta) e sistema de freios do tipo ABS. De acordo com o Plano de Expansão do Transporte, elaborado pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos, serão investidos até 2010 R$ 17 bilhões nas três empresas vinculadas à pasta - CPTM, Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e Metrô. À CPTM serão destinados R$ 7 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
CPTMLinha Esmeraldatrens

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.