CPI quer ouvir opinião dos presidentes da Infraero e Anac

José Carlos Pereira e Milton Zuanazzi vão ser convocados para reunião que vai discutir acidente da TAM

Eugênia Lopes, do Estadão,

19 de julho de 2007 | 11h36

A comissão parlamentar de inquérito (CPI) da Câmara que investiga a crise do setor aéreo se reúne na sexta-feira, 20, às 11 horas, para votar requerimentos de convocação de autoridades ligadas à aviação. Os integrantes da CPI, que vai funcionar durante o recesso parlamentar, querem investigar as causas do acidente em que explodiu um Airbus da TAM no Aeroporto de Congonhas.  A CPI que convocar os presidentes da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), brigadeiro José Carlos Pereira, e da da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi, e o chefe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes (Cenipa), do Comando da Aeronáutica, brigadeiro Jorge Kersul.  "Acho que a pista do Aeroporto de Congonhas tem problemas", observou o presidente em exercício da comissão de inquérito, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Depois de assistir ao vídeo que mostra a tentativa de aterrissagem do avião da TAM, o deputado ficou com a "impressão de que o piloto não conseguiu frear" o Airbus. Segundo Cunha, a CPI deve aprovar também a ida de dois parlamentares aos Estados Unidos para acompanhar a degravação da caixa-preta do Airbus da TAM.

Mais conteúdo sobre:
vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.