CPFL Paulista estima redução de 0,7% no consumo com horário de verão

Horário de verão começa no dia 16 de outubro e vai até 26 de fevereiro de 2012

Gustavo Porto, O Estado de S. Paulo

06 Outubro 2011 | 10h43

RIBEIRÃO PRETO - A Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) informou nesta quinta-feira, 6, estimar uma redução de 0,7% no consumo de energia elétrica nas 234 cidades de abrangência de atendimento durante o horário de verão, entre 16 de outubro e 26 de fevereiro de 2012. Segundo a empresa, a economia de consumo alcançará 80,2 mil MWh.

A economia é suficiente para atender cidades como Campinas, com 1,1 milhão de habitantes, durante 9 dias, Bauru, por 36 dias, Ribeirão Preto, por 19 dias, ou São José do Rio Preto, por 31 dias. No período de pico, há expectativa de uma redução de 2% na demanda de energia.

Nos 133 dias da 41ª edição do horário de verão no Brasil, os relógios devem ser adiantados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, Distrito Federal e Estado da Bahia.

Mais conteúdo sobre:
horario de verao

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.