Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Couro, peles e cachecóis abrem semana de moda no Rio

Fashion Business, evento paralelo para venda direta entre grifes e lojistas, começou ontem com Carlos Miele

Roberta Pennafort / RIO, O Estado de S.Paulo

10 Janeiro 2011 | 00h00

O Fashion Rio começa hoje, mas desde ontem a moda está em alta na cidade. Aclamado internacionalmente desde que fincou os pés em Nova York, em 2002, o estilista Carlos Miele abriu o Fashion Business, evento paralelo que se concentra na venda direta entre grifes e lojistas de todo o País e do exterior. Seu desfile de inverno, num dos dias de temperatura mais alta deste verão carioca, aconteceu no hotel Copacabana Palace.

Miele desfila em fevereiro, na New York Fashion Week, sua linha de alta costura. Ao Rio, trouxe modelos de pronta-entrega: jaquetas, camisas, saias, e, em meio à moda casual, alguns de seus deslumbrantes vestidos-assinatura, que valorizam o corpo de atrizes de Hollywood. Ele também mostrou que está investindo na moda masculina - 11 dos 38 looks eram para homens. Na primeira fila, atrizes globais e até Ron Wood, guitarrista dos Rolling Stones, de férias na cidade com namorada brasileira, Ana Araújo. Por sua vez, a namorada de Miele, a modelo Ana Gequelin, dava suporte nos bastidores. "Dou ideias, experimento as roupas, palpito, mas desfilar hoje, não", disse.

A passarela recebeu antes os couros (calças, saias, sobretudos), matelassês (jaquetas) e aplicações manuais (vestidos, saias) da estilista Patricia Viera, que repete dobradinha com Miele da edição do Fashion Business do ano passado. Como ele, Patricia também saiu do preto e branco e usou rosa e laranja em várias combinações. Ambos abusaram de peças em pele verdadeira.

Enquanto o público se abanava com os leques distribuídos de brinde e chupava picolés, os modelos passavam de colete, casacões, estola e capuz de pele de raposa, além de muito cachecol de tricô e blazer de lã. Tudo muito interessante, com um porém: o atraso de quase uma hora.

Negócios. Foi no ano passado que Miele escolheu o Rio para voltar às passarelas brasileiras. E preferiu o Fashion Business ao Fashion Rio e à São Paulo Fashion Week porque quer focar mais nos negócios. "Estou na cidade certa. O Rio é a cidade que melhor representa a imagem do Brasil, do colorido, da sensualidade. E eu acredito muito no caminho que o Fashion Business está tomando, é muito profissional. Vêm quase mil compradores do Brasil inteiro, isso é inédito", disse. "As semanas de moda no Brasil nasceram como eventos promocionais dos shoppings. Por isso parei de desfilar no Brasil, porque precisávamos evoluir." Montado na Marina da Glória, o Fashion Business vai até quinta-feira.

PROGRAMAÇÃO

Confira os desfiles programados para hoje, no primeiro dia de Fashion Rio:

19 horas

Akihito Hira, Dobra, Lucas Magalhães, Blash e Júlia Valle

20 horas

Alisson Rodrigues, Estúdio Frame, Sampler, Soddi e Martins Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.