JB Neto/AE
JB Neto/AE

Costureiro mata padrasto a facadas e deixa filho ferido no Jardim Santa Rita

Crime aconteceu após uma discussão por causa de barulho, em Diadema, no Grande ABC

Ricardo Valota, do estadão.com.br

17 Março 2010 | 03h12

O costureiro João Henrique Inhesta, de 44 anos, foi preso na noite desta terça-feira, 16, em Diadema, no Grande ABC, após esfaquear, durante uma discussão, o filho, Diógenes Inhesta, de 25 anos, e o padrasto, o pedreiro José Anísio de Carvalho Botelho, 62.

 

O pedreiro, que mora no mesmo terreno do enteado e do neto, no Jardim Santa Rita, foi até a casa do enteado para reclamar do barulho. O costureiro então armou-se com uma faca e feriu José Anísio. Diógenes, ao ver o pai esfaqueando o pedreiro, tentou intervir e também foi ferido. As duas vítimas foram levadas por policiais militares para o Hospital Municipal de Diadema, onde José Anísio morreu.

 

A dois quarteirões do local do crime, quando fugia, o costureiro acabou preso pelos policiais. Na delegacia, o assassino disse que apenas usou a faca para se defender, mas não mostrou arrependimento. "Se fosse preciso faria outra vez", afirmou João Henrique, que foi autuado em flagrante por homicídio e tentativa de homicídio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.