Corrida de turistas às praias gera lentidão no litoral norte de SP

Pior situação é na Rodovia Rio-Santos, na altura de Ubatuba, onde os motoristas trafegam a apenas 20 km/h; calor deve continuar

Reginaldo Pupo, Especial para O Estado

20 Novembro 2014 | 10h55

SÃO SEBASTIÃO - O forte calor registrado na manhã desta quarta-feira, 20, feriado do Dia da Consciência Negra, no litoral norte de São Paulo provocou uma corrida às praias da região e, consequentemente, lentidão na Rodovia Rio-Santos, que liga Bertioga a Ubatuba, no trecho paulista. Entre Caraguatatuba e Ubatuba há pontos de lentidão nos acessos às praias dos dois municípios. Na Praia Grande, em Ubatuba, a mais procurada por turistas, o motorista não consegue trafegar a mais que 20 km/h por causa do excesso de veículos.

Há registros de lentidão no trecho compreendido entre Caraguatatuba e São Sebastião. Entre a Praia de São Francisco e a região central, o percurso é feito normalmente em 15 minutos, mas nesta manhã está sendo percorrido entre 45 minutos e uma hora.

Já na Praia de Maresias, em São Sebastião, o trecho também apresenta lentidão. Grande parte dos turistas que procuraram o litoral norte para passar o feriado já desceu. As rodovias de acesso à região (Tamoios, Oswaldo Cruz e Mogi-Bertioga) tiveram trânsito normal no início da manhã desta quarta-feira, com lentidão apenas nos trechos de serra.

O fluxo também segue normal na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro para quem decidiu passar o feriado em Campos do Jordão e demais cidades da Serra da Mantiqueira.

O movimento de turistas em direção a Ilhabela é menor nesta manhã. As filas em São Sebastião e no arquipélago têm espera de meia hora. Cinco embarcações fazem a travessia entre os dois municípios.

Tempo. Segundo previsões do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o feriado prolongado será de sol, com temperaturas elevadas. 

Nesta sexta-feira, 21, há possibilidade de pancadas de chuvas nos trechos de serra das rodovias. No sábado, 22, as temperaturas continuarão altas, porém, no domingo, 23, o tempo poderá ficar fechado, com nebulosidades. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.