NILTON FUKUDA/ESTADÃO
NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Corrida de táxi também vai aumentar em SP

No mesmo dia do reajuste do ônibus, dia 6 de janeiro, bandeirada do táxi comum passará de R$ 4,10 para R$ 4,50 na capital

Adriana Ferraz, O Estado de S. Paulo

26 de dezembro de 2014 | 19h52

SÃO PAULO - Não é apenas a tarifa do ônibus que vai aumentar a partir do dia 6 de janeiro. A Prefeitura também divulgou nesta sexta-feira, 26, que a bandeirada do táxi vai ficar 9,8% mais cara em 2015. O valor para o táxi comum passará de R$ 4,10 para R$ 4,50. O mesmo reajuste será aplicado para a modalidade táxi amigão, válido das 20 às 6 horas, rádio-táxi e táxi acessível, oferecido para pessoas com mobilidade reduzida.

A alta não atinge a tarifa quilométrica, que continua sendo de R$ 2,75, nem a tarifa horária, que permanece em R$ 33. Segundo a gestão Fernando Haddad (PT), a hora não foi reajustada por causa da liberação das faixas exclusivas de ônibus para os táxis ocupados. De acordo com a Prefeitura, o último reajuste de bandeirada de táxi na capital foi feito em janeiro de 2011.


Já a nova tabela para a categoria táxi especial (rádio-táxi vermelho e branco) terá bandeirada de R$ 5,65, tarifa quilométrica de R$ 3,45 e tarifa horária de R$ 41,25.  Os valores para o táxi luxo serão: bandeirada de R$ 6,75, tarifa quilométrica de R$ 4,15 e tarifa horária de R$ 49,50. Essa categoria inclui veículos médios ou grandes, cor de fábrica, do segmento luxo das montadoras. São acessados em pontos privativos localizados em hotéis ou disponibilizados em locais de evento.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulobandeirada do táxi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.