Corretor é morto na frente da mulher e filha

O corretor de imóveis José Antônio de Oliveira, de 48 anos, foi executado a tiros, às 19h de quarta-feira, no Grajaú, zona sul de São Paulo, próximo à sua casa. A polícia suspeita que traficantes acharam que o corretor os havia denunciado e o mataram por vingança. Oliveira estava em seu carro com a mulher e a filha quando dois homens se aproximaram em uma moto. Um deles baleou Oliveira na cabeça. Os homens fugiram. As duas mulheres não se feriram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.