Corredor de ônibus começa hoje a vigorar na Domingos de Moraes

Faixa exclusiva funciona somente no sentido centro e em horários de pico: das 6h às 9h e das 17h às 20h

, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2011 | 00h00

Começa a funcionar hoje o corredor exclusivo de ônibus da Rua Domingos de Moraes, entre as Ruas Santa Cruz e Afonso Celso, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. Por enquanto, a faixa vai funcionar nos dias úteis somente no sentido centro e em horários de pico. O corredor engloba quatro quarteirões - cerca de 700 metros de extensão - e servirá a 13 linhas de ônibus municipais durante seis horas diárias: pela manhã, das 6h às 9h, e à tarde, das 17h às 20h.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) alargou a pista da Domingos de Moraes no sentido da região central e anunciou mudanças viárias que já motivaram reclamações de moradores.

A principal é o impedimento da conversão à esquerda da Rua Afonso Celso para a Domingos de Moraes. Para entrar na Rua Sena Madureira, quem vier da Afonso Celso deve usar as Ruas Doutor Thirso Martins, Domingos de Moraes, Dr. Diogo de Faria e Marselhesa.

Também foi desativada a travessia de pedestres no cruzamento da Domingos de Moraes com a Afonso Celso. E um novo semáforo de pedestres foi instalado na Domingos de Moraes com a Rua Francisco Cruz.

No trecho do corredor reversível, o horário de funcionamento da zona azul passará a ser entre as 9 horas e as 17 horas. O lado esquerdo da Rua Afonso Celso, entre as Ruas Monsenhor Manuel Vicente e Domingos de Moraes, está liberado para o estacionamento de veículos.

Para orientação dos motoristas e pedestres, a CET instalou 2,1 mil m² de sinalização horizontal e 30 placas de sinalização vertical na região.

A Prefeitura estima que aproximadamente 145 mil passageiros usem os coletivos que vão trafegar no corredor reversível - modelo adotado em outras faixas exclusivas para ônibus na capital.

O objetivo do corredor é dar maior fluidez ao transporte público coletivo e ao tráfego local, "minimizando um crítico gargalo no trânsito", disse a Secretaria Municipal de Transportes. Obras para adoção da faixa no sentido bairro vão demorar de dois a três meses para ser concluídas, estima a secretaria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.