Correção à nota "Diretora da Anac passa por constrangimento na CPI do Apagão"

A nota veiculada às 15:11, sob o título  "Diretora da Anac passa por constrangimento na CPI do Apagão",  por equívoco, atribuiu à jornalista Monica Bérgamo, da Folha de S. Paulo, a afirmação de que a diretora da Anac (Agência Nacional da Aviação Civil), Denise Abreu, representava "a bandalheira do país", em programa veiculado pela Band FM.  O programa, reproduzido hoje na CPI do Apagão Aéreo do Senado, abordou aspectos do acidente com o avião da Gol em 29 de setembro de 2006, em que morreram 154 pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.