Acervo pessoal
Acervo pessoal

Corpos encontrados são de pescadores do barco desaparecido no litoral

Pesqueiro sumiu há uma semana, com sete pessoas a bordo

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

06 Agosto 2016 | 11h22

SOROCABA – Os três corpos resgatados do mar na sexta-feira (5) pelo navio de patrulha oceânica da Marinha do Brasil são de pescadores que estavam no barco “Anjo Gabriel”, desaparecido desde o último dia 29. Familiares reconheceram os corpos de Natalino Morita, Rogério Viana e Vandir Assunção do Carmo, três dos ocupantes da embarcação. Os cadáveres foram recolhidos nas proximidades da Laje de Santos, a cerca de 40 quilômetros da costa, onde provavelmente o barco pesqueiro naufragou.

As buscas pelos demais ocupantes do “Anjo Gabriel” – Fábio Garbin, proprietário do barco, Dyone Amorim Neves, Ismael dos Santos e Renato Molinari – prosseguiam na manhã deste sábado (6). O grupo havia saído de uma marina, na enseada de Bertioga, para pescar na região da Ilha dos Alcatrazes, no litoral norte. O barco deveria ter retornado no dia seguinte, o que não aconteceu. As buscas foram iniciadas no mesmo dia pelo Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar). Três dias depois foram encontrados os primeiros destroços da embarcação.

Mais conteúdo sobre:
Laje

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.