Corpos podem não ser resgatados do Atlântico

A operação de resgate dos destroços do avião da Air France que fazia o voo 447 entre Rio e Paris e caiu no Atlântico em 31 de maio de 2009, matando as 228 pessoas a bordo, pode não recuperar os corpos. Segundo o governo da França, restos mortais podem não resistir ao içamento que será feito por robôs-submarinos e cabos. A previsão é que o navio que fará o resgate chegue ao local dos destroços dia 26. A operação deve durar dois meses, ao custo de 5 milhões, bancados pelo governo francês.

, O Estado de S.Paulo

15 de abril de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.