Corpos de casal tinham alta dosagem de CO

Laudo parcial de necropsia de Gustavo Ribeiro, de 23 anos, e Alessandra Barros, de 22, mostrou alta dosagem de monóxido de carbono nos corpos: 62% na garota e 68% no rapaz. A exposição a concentrações acima de 60% por mais de 1 hora representa alto de risco de morte. O casal foi encontrado morto na quinta em uma pousada na região metropolitana de Belo Horizonte. O local não teria aquecimento a gás, mas lareira a lenha.

, O Estado de S.Paulo

20 Março 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.