Corpos de casal desaparecido há 10 dias são encontrados

Dupla foi vítima de golpe que começou com venda de terreno via internet; um dos suspeitos do crime se entregou

Caio do Valle, Jornal da Tarde

09 de junho de 2012 | 21h00

A polícia afirma ter encontrado hoje (9) os corpos de Adenísio Alves e Leila Oliveira Alves em um poço em um sítio no bairro de Parelheiros, na zona sul de São Paulo. O casal, que morava em Diadema, no ABC, estava desaparecido desde o dia 29 de maio.

Segundo informações da TV Globo, os dois foram vítimas de um golpe. Eles teriam visto um anúncio de um terreno à venda na internet e decidiram comprá-lo. A venda seria feita com dinheiro vivo e, para isso, Adenísio sacou R$ 6 mil.

Um suspeito, Gabriel Lima de Albuquerque, foi preso na sexta-feira, 8, após se apresentar à Corregedoria da Polícia Civil. Ele, que deve ficar preso por ao menos 30 dias, conduziu a polícia até outro suspeito, que é caseiro na chácara que seria comprada. Esse homem afirmou, segundo a emissora, que depois da entrega do dinheiro, o casal foi amarrado e levado para os fundos do terreno. Ali, os dois foram mortos e jogados em um poço desativado.

"Pelo que o Gabriel fala, tudo era um golpe. Fizeram um anúncio em um site. A vítima acabou se interessando pelo valor do imóvel, bem baixo", afirmou à TV o delegado do 4.º DP de Diadema, Miguel Ferreira da Silva.

Quatro homens teriam participado dos assassinatos. Os outros dois ainda são procurados pela polícia.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciacasal morto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.