Corpo encontrado às margens de rio era de agente penitenciário

Segundo informações da PM, família havia registrado desaparecimento do homem, que foi atropelado, no sábado

Solange Spigliatti, estadao.com.br

27 de julho de 2008 | 22h52

O corpo de um homem, encontrado na manhã deste domingo, 27, por fiscais da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), na margem do Rio Pinheiros, na zona sul de São Paulo, é de um agente penitenciário, segundo informações da polícia. Segundo primeiras informações de policiais da 96.º Distrito Policial, onde o caso foi registrado, o corpo estava próximo á Ponte Ary Torres e havia sido atropelado. Familiares tinham registrado o desaparecimento dele neste sábado, 26, no 25.º DP (Parelheiros). No boletim de ocorrência, eles informaram que ele sofria de problemas de memória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.