Corpo de rapaz que caiu de navio é sepultado

O corpo do arquiteto Luciano de Lucca, de 30 anos, foi enterrado ontem à tarde no Cemitério do Araçá, na zona oeste de São Paulo. Entre os parentes, a principal hipótese é de que ele tenha se jogado de uma cabine no 11.º andar do navio da MSC Cruzeiros em Santos (SP), no fim da tarde de sábado, durante um surto. A Polícia Federal investiga o caso.

O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2013 | 02h02

Cerca de 150 pessoas acompanharam o velório e o enterro do corpo de Lucca, que só foi encontrado anteontem no mar. Os parentes não quiseram se pronunciar oficialmente sobre o caso.

Segundo um tio da vítima, que pediu para não ser identificado, a explicação até o momento é de que o arquiteto pode ter se atirado ao mar durante uma crise nervosa, enquanto os amigos buscavam ajuda. O mesmo tio disse que Lucca tomava remédios, mas não soube informar quais.

Entre os colegas, Lucca é descrito como um esportista, que frequentava a academia todos os dias. O lutador de MMA Wanderlei Silva foi ao enterro e disse que conheceu Lucca por meio do irmão do arquiteto, em um jantar na quarta-feira da semana passada. "Ele apresentou o irmão com orgulho. Não dá para imaginar a dor que esteja sentindo agora", disse. "O Lucca estava muito empolgado com a viagem."

Em nota, a MSC Cruzeiros afirmou que "segue todas as regras e procedimentos de segurança estabelecidos pelos órgãos mundiais e nacionais" e que aplica "os mais altos níveis de controle e prevenção de acidentes". / WILLIAM CARDOSO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.