Corpo de militante gay é encontrado em praia

Presidente do PT de Santo Antônio de Goiás, Lucas Fortuna, de 24 anos, foi encontrado morto na madrugada de ontem em Cabo de Santo Agostinho, perto do Recife. Fortuna atuava profissionalmente como árbitro de voleibol e estava em Pernambuco a trabalho. Estudante de jornalismo da Universidade Federal de Goiás (UFG) e militante gay, a polícia investiga a suspeita de crime homofóbico.

O Estado de S.Paulo

19 de novembro de 2012 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.