Corpo de Matsunaga é exumado

Foi exumado o corpo de Marcos Matsunaga, diretor do grupo Yoki morto em maio de 2012. A exumação foi feita a pedido da defesa de Elize Matsunaga, acusada de ter assassinado o marido com um tiro, seguido de asfixia causada por esquartejamento.

O Estado de S.Paulo

13 Março 2013 | 10h21

Do cemitério, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), que deve fornecer um novo laudo pericial em dez dias. Com a nova perícia, a defesa deseja confirmar se Marcos já estava morto quando foi esquartejado por Elize, atualmente sob prisão preventiva.

Segundo o laudo de 2012, havia sangue nos pulmões do cadáver, o que indica que Matsunaga ainda respirava quando foi esquartejado. Isso contribui para a qualificação do crime como cruel. /ANDRÉ CABETTE FÁBIO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.