Corpo de Bombeiros
Corpo de Bombeiros

Corpo de menino que caiu em córrego na zona leste é achado no Tietê

Matheus Henrique da Silva, de 11 anos, foi encontrado sem vida em Pirapora do Bom Jesus, na Grande São Paulo

Felipe Cordeiro, O Estado de S.Paulo

28 Fevereiro 2018 | 19h51
Atualizado 28 Fevereiro 2018 | 20h11

SÃO PAULO - O Corpo de Bombeiros encontrou no fim da tarde desta quarta-feira, 28, o corpo do menino Matheus Henrique da Silva, de 11 anos, no Rio Tietê, próximo a uma mineradora em Pirapora do Bom Jesus, na Grande São Paulo. O garoto estava desaparecido desde a segunda-feira, 26, quando caiu no Córrego do Rincão, na Vila Matilde, zona leste da capital paulista, durante o forte temporal que atingiu a cidade.

+++ Ainda sem pistas, bombeiros iniciam 3º dia de buscas por garoto que caiu em córrego em SP

O corpo do menino foi achado no terceiro dia de buscas por equipes do 18º Grupamento de Bombeiros (GB) em uma área de difícil acesso no quilômetro 49 da Estrada dos Romeiros.

+++ Bombeiros buscam criança que caiu em córrego na zona leste de SP

"Já era uma hipótese que estava sendo trabalhada a localização nessa região até mesmo pela velocidade e volume das águas no dia dos fatos", afirmou o capitão Rondelo, em vídeo divulgado pela corporação. "Nós podemos tranquilizar a família desse sofrimento, entregar (o corpo do) o garoto a seus familiares."

+++ Criança cai em córrego na zona leste de São Paulo

O capitão dos bombeiros informou que os parentes do garoto serão levados até o local onde o corpo foi encontrado para confirmar que seja Matheus. "Porém, com as características passadas, já podemos trabalhar com a hipótese de 100% de reconhecimento."

Chuva forte

No dia do acidente, Matheus estava jogando bola com os amigos no condomínio em que morava. O córrego corta o lote, e há grade de proteção apenas na parte interna do local. O temporal que caiu na tarde de segunda em São Paulo colocou toda a cidade em estado de atenção.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da capital, há possibilidade de chuvas nos próximos dias.

Nesta quinta-feira, 1º, entre o fim da tarde e o início da noite, o calor e a entrada da brisa marítima geram nuvens carregadas que causam pancadas de chuva. Há potencial para precipitações com intensidade moderada a forte e formação de alagamentos. Os termômetros devem ficar entre 20°C e 32°C.

Já na sexta-feira, 2, as instabilidades ganham força à tarde e há potencial para chuva forte, rajadas de vento e formação de alagamentos. O CGE prevê que a temperatura varie entre entre 21°C e 30°C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.