Corpo de digitadora é encontrado em córrego

O corpo da digitadora Daniela Laudísio, de 30 anos, foi encontrado ontem à tarde pelos bombeiros na galeria do córrego da Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, na zona sul de São Paulo. Daniela estava desaparecida desde a noite de sábado, quando havia sofrido um acidente de moto e foi arremessada no córrego. O caso está sendo investigado pelo 96.º DP (Monções).

O Estado de S.Paulo

18 Dezembro 2013 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.