Corpo de Bombeiros fará simulação de atentado em hotel de luxo em SP

Ação no Hotel Grand Hyatt é preparação para possíveis imprevistos na Copa do Mundo de 2014

Carolina Spillari, estadão.com.br

20 Julho 2011 | 10h24

SÃO PAULO - O Corpo de Bombeiros irá fazer uma simulação de atentado no Hotel Grand Hyatt, em São Paulo, às 14h de sexta-feira, 20. O Hotel fica na Avenida das Nações Unidas, na zona sul. Com a ação, os bombeiros tem o objetivo de se preparar para a Copa do Mundo de 2014.

 

Na ação, os hóspedes irão instalar três bombas nas dependências do hotel, em veículos e na porta da suíte presidencial. A instalação das bombas está marcada para às 13h10. Avenidas e ruas da região sofrerão bloqueio a partir das 13h40.

 

Em seguida, os bombeiros irão simular o salvamento, plano de abandono e resgate pelo helicóptero das "vítimas" da suíte de demais dependências. As supostas vítimas estarão maquiadas pelos "ferimentos" causados pelo atentado.

 

Equipes do Corpo de Bombeiros, motos, viaturas de incêndio e salvamento, canil, e o helicóptero águia irão participar do simulado, em um total de 70 bombeiros e 24 viaturas. Quando o helicóptero chegar, agentes irão descer com rapel em direção à suíte presidencial. O COE (Comando e Operações Especiais) e Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) terão destaque na varredura e localização de explosivos acompanhados de cães e fazendo uso de detectores.

 

 

Corrigida às 13h

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.