Corpo carbonizado é encontrado dentro de carroça na região central de SP

Acredita-se que corpo seja do carroceiro; pela posição da vítima, policiais acreditam que ela estivesse dormindo ou, até mesmo, alcoolizada no momento em que começou o incêndio

Gustavo Ferreira, do estadão.com.br,

05 de maio de 2011 | 03h06

SÃO PAULO - O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado carbonizado, às 22h30 de quarta-feira, 4, após os bombeiros apagarem as chamas que consumiam uma carroça - semelhante às usadas por catadores de ferro-velho e material reciclável - na rua Jairo Goes, uma travessa da avenida Rangel Pestana, no Brás, região central da cidade de São Paulo.

 

Eram quase 21 horas quando a Central de Operações dos Bombeiros recebia a primeira chamada. Ao apagar o fogo, a equipe de bombeiros encontrou dentro da carroça o corpo da vítima.

 

Acredita-se que seja mesmo do carroceiro, pois, até às 2h30 desta madrugada de quinta-feira, 5, a carroça e o corpo ainda estavam no local para serem periciados e o dono do veículo não havia aparecido.

 

Pela posição em que a vítima foi encontrada, os policiais acreditam que ela estivesse dormindo, talvez até alcoolizada e num sono profundo, no momento em que o fogo se iniciou. A hipótese do suposto carroceiro ter sido morto antes do incêndio, possivelmente criminoso, também não foi descartada.

 

O caso será registrado no 2º Distrito Policial, do Bom Retiro, e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.