Coreana é morta a tiros no Bom Retiro

Comerciante morreu a caminho do hospital; para polícia, morte não possui características de assalto

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

11 de novembro de 2008 | 06h25

A comerciante coreana Jung Ae Voo, 54 anos, foi morta com um tiro na nuca, por volta das 23h45 de segunda-feira, 10, quando trafegava em seu Honda Civic, placas ECP 1989/SP, pela avenida Tiradentes próximo à rua dos Bandeirantes, no bairro do Bom Retiro, região central da cidade de São Paulo. Segundo testemunhas, um Gol de cor clara, cujas placas não foram anotadas, se aproximou do Honda e um dos dois ocupantes, com arma em punho, disparou um tiro para cima e depois contra a vítima, que morreu a caminho do pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia. Apenas a perícia poderá informar que tipo de arma foi utilizada no crime. A dupla, ainda não identificada, segue foragida. Aparentemente, segundo a polícia, o assassinato não possui características de uma tentativa de assalto; além disso, nada foi levado da comerciante. O caso foi registrado no 02º Distrito Policial, do Bom Retiro, pelo delegado Marcio Elias Siqueira Azarias.

Tudo o que sabemos sobre:
Bom Retiroassassinatocoreana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.