Controlar quer reajuste imediato da inspeção

A Controlar entrou ontem com um recurso administrativo na Prefeitura de São Paulo para cobrar o reajuste imediato da taxa de inspeção veicular ambiental. A concessionária alega que o aumento está previsto em contrato e independe da apresentação de um estudo de reequilíbrio. O prefeito Gilberto Kassab (DEM) afirmou, entretanto, que vai esperar a entrega do documento. "A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente entende que ele (reajuste) deva acontecer, mas pode aguardar o estudo de reequilíbrio para que aconteça de uma vez só", disse ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.