Hélvio Romero/AE
Hélvio Romero/AE

Controlado fogo em depósito de tecidos na Mooca

Chamas atingem galpão desde 1h45 desta sexta-feira; bombeiros estimam que trabalho de rescaldo deve continuar durante a tarde

Bruno Lupion e Marília Lopes, estadão.com.br

25 Março 2011 | 11h05

SÃO PAULO - O incêndio que atinge, desde a madrugada desta sexta-feira, 25, um depósito de tecidos na Rua Madre de Deus, nº 1517, na Mooca, zona leste de São Paulo, já está controlado.

 

Segundo o Corpo de Bombeiros, 17 viaturas estão no local para fazer o rescaldo e os trabalhos devem continuar durante a tarde. Não houve vítimas.

 

Moradores da Mooca, na zona leste da capital, deixaram suas casas às pressas no meio da madrugada de hoje, apavorados com o incêndio.

 

Dezenas de vizinhos, entre eles algumas idosas ainda de camisola, correram para o meio da rua levando botijões de gás e veículos estacionados nas garagens. "Acordei com os cachorros latindo, achando que fosse um assalto, e ouvi duas explosões bem fortes. Minha casa tremeu toda", disse a aposentada Carmem Delgado, de 70 anos.

 

Uma das funcionárias do depósito, que preferiu não se identificar, disse que o estabelecimento funciona há cinco anos naquele endereço e apenas uma pessoa trabalhava no local quando as chamas começaram.

 

A causa do incêndio é desconhecida e técnicos da Defesa Civil municipal aguardam o término do trabalho dos bombeiros para decidir se o prédio será interditado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.