Contrato é da época de Maluf

A Controlar foi contratada pela Prefeitura em 1996, ainda na gestão Paulo Maluf (PP), para prestar serviços à cidade por dez anos. Mas o contrato não foi cumprido integralmente porque a empresa foi considerada inidônea. Em 2008, a empresa trocou de donos e a suspensão do contrato foi anulada pela Prefeitura - no lugar de haver uma nova licitação.

O Estado de S.Paulo

12 de janeiro de 2012 | 03h05

A ação do MPE questiona a utilização do contrato antigo em vez de se fazer uma nova licitação e lista outras irregularidades, como, por exemplo, a falta de um responsável técnico com experiência em controle ambiental.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.