Contratar transporte escolar

1. O que fazer antes de contratá-lo?

, O Estado de S.Paulo

15 Fevereiro 2011 | 00h00

Peça referências a outros pais. Negocie para não ter de pagar reserva de vaga e período de férias. Deve ficar claro se haverá reajuste em caso de aumento de preço dos combustíveis. Negocie a melhor data para pagamento e inclua uma cláusula de multa por descumprimento de horários.

2. Que cuidados ter em relação ao condutor?

Verifique se tem a habilitação na categoria tipo D, curso de transportador escolar, concedido pelo Detran, e a licença para trabalhar. O motorista do veículo escolar deve ter mais de 21 anos, não ter cometido nenhuma infração gravíssima no trânsito ou ser reincidente em infrações médias durante os últimos 12 meses. Solicite o número de sua licença e verifique no Departamento

de Transportes Públicos de sua cidade se ele está autorizado a circular. Observe o trabalho dele parando próximo da escola nos horários de entrada e saída ou seguindo o trajeto do veículo pelo trânsito, para avaliar a maneira como trabalha e como o motorista trata as crianças.

3. E em relação ao veículo?

Ele deve estar em boas condições de uso e higiene, ter placa vermelha, autorização do Denatran fixada no lado interno e em local visível, registro com número de passageiros, extintor de incêndio com capacidade mínima de 4 quilos e limitadores de abertura de vidros, entre outros itens.

Fontes: Site do Idec e da Proteste

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.