Continua impasse sobre fim do Cine Belas Artes

O proprietário do imóvel do Cine Belas Artes, Flávio Maluf, pediu ontem um tempo para analisar a oferta feita pelos sócios do cinema para permanecerem no prédio que fica na esquina da Avenida Paulista com a Rua da Consolação. Um dos sócios do cinema, André Sturm, ofereceu valor acima dos R$ 85 mil mensais, que já havia sido recusado pelo proprietário na semana passada. Sturm conversa com eventuais patrocinadores para aumentar o valor.

, O Estado de S.Paulo

24 Fevereiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.