Construído em 1888, cartão-postal de Campinas é restaurado

Em estilo art nouveau, edifício histórico do Instituto Agronômico terá fachada, telhado e calçamento reformados

SOROCABA, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2012 | 03h02

Símbolo do período imperial e um dos cartões-postais da cidade, o prédio D. Pedro II do Instituto Agronômico de Campinas (IAC) está ganhando vida nova. Um minucioso processo de restauro deve deixar o edifício construído em 1888 com cara de novo para as comemorações dos 125 anos do instituto, no próximo dia 27.

O governo estadual investe R$ 756 mil na obra que resgata o ciclo do café e uma época de opulência da cidade. Projetado por Henrique Florence, em estilo art nouveau, o prédio que viu nascer o IAC passou por reformas e ampliações, mas mantém a fachada original, com 3,3 mil m².

O edifício, que se destaca na paisagem urbana da movimentada Avenida Barão de Itapura, foi tombado como patrimônio cultural de Campinas e, em seguida, pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat).

A obra começou em novembro. Estão sendo recuperados, além da fachada e do telhado, a pintura e o calçamento externo. Originalmente, o edifício era térreo. Em 1909, foi construído o segundo andar para abrigar novos setores de pesquisa do IAC.

O prédio ainda está em uso e abriga laboratórios da área de solos. A restauração recupera as formas que o edifício tinha antes de 1968, quando sofreu nova reforma. O casarão foi construído sem uso de cimento. Para fazer intervenções nas paredes, foi preciso estudar a composição da argamassa da época. As cores originais de tom amarelo foram recuperadas com a retirada de quatro camadas de tinta. O restauro segue orientação técnica do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). / JOSÉ MARIA TOMAZELA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.