Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Consórcio vai construir cidade do samba paulista

O consórcio formado pela Construtora Passarelli e Schahin Engenharia foi apresentado ontem pela Prefeitura como vencedor da licitação que escolheu o responsável pela construção da Fábrica dos Sonhos, na Barra Funda, zona oeste. O local agrupará os barracões das 14 escolas de samba do Grupo Especial de São Paulo, além de espaço para shows, oficinas e um museu, nos moldes da Cidade do Samba do Rio. A obra custará R$ 124,1 milhões e deverá ser entregue até 2012.

Tiago Dantas, O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2010 | 00h00

A Construtora OAS, que orçou a obra em R$ 124,9 milhões, e o consórcio formado por Engeform e Andrade Gutierrez Engenharia, que cobraria R$ 124,6 milhões pela execução do projeto, têm cinco dias para recorrer do resultado da licitação. A OAS não retornou as ligações feitas pela reportagem, ontem. Já a Engeform informou que está analisando se tomará alguma providência. A Schain afirmou, em nota, que "informações referentes à construção da cidade do samba devem ser levantadas com a Assessoria de Imprensa da Prefeitura".

A Fábrica dos Sonhos será construída em um terreno de 77 mil m² entre a Marginal do Tietê e a Avenida Doutor Abraão Ribeiro. Cada barracão terá 5.608 m², onde serão construídos os carros alegóricos e feitas as fantasias das escolas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.