Conselhos devem levar questão ao Ministério Público

O advogado Eduardo Augusto Pinto, do Conselho de Segurança (Conseg) do Ipiranga, pretende entrar na próxima semana com representação na Promotoria de Habitação e Urbanismo do Ministério Público Estadual pedindo que a situação do imóvel seja investigada. "É estranha essa permissão de acesso. Queremos que seja explicada. Se não é área do parque, por que ficou tanto tempo fechada? E por que uma moradora tem as chaves há tantos anos?", pergunta.

Luísa Alcalde, O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2010 | 00h00

Celso Henriques de Paula, do Conselho Gestor do Parque da Independência, diz que também pretende colocar o assunto em pauta. "Queremos saber como a autorização ocorreu."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.