Conselho proíbe corte da cauda de cachorros

O Conselho Federal de Medicina Veterinária publicou resolução em que proíbe a amputação ou o corte parcial da cauda de cachorros para fins estéticos, a chamada caudectomia. A Resolução 1027, de 18 de junho, modifica outra, de 2008, que apenas recomendava que a cirurgia não fosse feita. Em geral, a caudectomia é feita em raças como cocker spaniel, pinscher, poodle, pitbull, rottweiler e dobermann. O veterinário que sugerir ou fizer a técnica estará sujeito a um processo ético-profissional.

O Estado de S.Paulo

25 Junho 2013 | 02h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.