Conselho do Masp se diz surpreendido por pedido de interdição

Em nota, Conselho Deliberativo do museu afirmou que as atitudes judiciais necessárias já estão sendo tomadas

16 de janeiro de 2008 | 19h58

O Conselho Deliberativo do Masp divulgou nesta quarta-feira, 16, um comunicado em que se diz surpreendido pela solicitação do Ministério Público de São Paulo de interditar o museu. A interdição vale até que sejam atendidas as exigências de segurança do Corpo de Bombeiros e do Departamento de Controle do Uso de Imóveis (Contru). Vistorias no museu detectaram material combustível nas áreas administrativas, irregularidades nas instalações elétricas, pisos inflamáveis, falta de saída de emergência e falta de alarmes de incêndio.   Leia abaixo o comunicado na íntegra:   "O Conselho Deliberativo do MASP em reunião permanente desde o furto das obras, já recuperadas, foi hoje surpreendido por notícia divulgada pela mídia de uma solicitação do Ministério Publico à Justiça de fechamento do Museu e transferência imediata do seu acervo em função de supostas condições inadequadas de segurança.   Estamos tomando as atitudes judiciais necessárias, porém sentimo-nos na obrigação de esclarecer à imprensa e à opinião pública sobre este fato inusitado:   1. Quanto às questões de segurança contra furto já foram tomadas todas as medidas e o Museu hoje, com certeza, é o mais seguro deste país.   2. Em relação às questões aventadas no pedido do Ministério Público sobre segurança dos visitantes e de prevenção de incêndio, temos tido contatos com o CONTRU, com quem assinamos em 09 de janeiro de 2008 um Termo de Ajuste e Obrigações para aprimoramento, com prazos definidos, que estão sendo rigorosamente cumpridos.   3. Estamos, portanto, absolutamente tranqüilos quanto às questões de segurança e seu cumprimento. Não entendemos a atitude do Ministério Publico - esta sim pondo em risco o precioso Acervo do MASP - sem levar em conta o Termo de Ajuste celebrado com o CONTRU e as medidas de segurança já tomadas. Confiamos na serenidade da Justiça de São Paulo para analisar o fato."

Tudo o que sabemos sobre:
Masp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.