Conselho de Justiça vai avaliar o caso

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) instaurou um pedido de providências para avaliar o caso. O Tribunal Superior do Trabalho afirmou que a competência sobre o assunto é da Corregedoria Regional do TRT da 2ª Região. O órgão regional não quis se pronunciar por se tratar de assunto pessoal da magistrada.

O Estado de S.Paulo

13 Julho 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.