Google
Google

Conselheira tutelar é assassinada a tiros na frente de filho na zona norte de São Paulo

Mulher de 42 anos teve o carro interceptado por quadrilha, que disparou contra ela na Rua Paraná. Caso é investigado pelo Departamento de Homicídios da polícia

Heitor Machado, Especial para o Estadão

23 de junho de 2021 | 22h41

Uma conselheira tutelar de 42 anos foi morta a tiros na noite desta terça-feira, 22, no Tremembé, zona norte de São Paulo. A vítima foi atingida por três tiros na frente do filho de 11 anos. 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SP), a mulher trafegava de carro com a criança pela Rua Paraná por volta das 20 horas, quando foi abordada por três homens encapuzados que estavam em outro veículo. 

Os criminosos retiraram a vítima do automóvel e realizaram três disparos na direção dela. A SSP informou ainda que o trio fugiu levando uma bolsa que pertencia a mulher. 

A polícia foi acionada via Copom para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo. No local, os agentes encontraram a vítima caída no asfalto e desacordada, com ferimentos na região do tórax. O óbito foi constatado pelo Samu. 

O caso foi registrado pelo 73º Distrito Policial e é investigado por meio de inquérito instaurado pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), que realiza diligências visando à identificação dos autores e a elucidação dos fatos, disse a SSP.

Tudo o que sabemos sobre:
homicídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.