Congonhas tem 35% dos vôos cancelados e poucos atrasos

Em Cumbica, dos 183 vôos programados, apenas 12 apresentavam atrasos superiores a uma hora

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

31 de julho de 2007 | 13h19

Apesar da tentativa de normalizar o fluxo de movimento no Aeroporto de Congonhas, o tráfego aéreo nos aeroportos de São Paulo e Rio ainda apresentavam problemas na manhã desta terça-feira. Segundo informações da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), doa 102 vôos programados para Congonhas, 35 foram cancelados e quatro apresentavam atrasos superiores a uma hora.   O Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, apesar do grande movimento de passageiros registrado durante a manhã, estava com 12 vôos com horários atrasados em mais de uma hora, de um total de 183 vôos programados. Apenas um vôo foi cancelado.   No Rio, a situação também permanecia tranqüila. Seis chegadas e uma partida estavam com atrasos de mais de uma hora, no aeroporto internacional Tom Jobim. Nenhum vôo havia sido cancelado. No aeroporto Santos Dumont, quatro chegadas e quatro partidas, a maioria ponte aérea São Paulo-Rio, foram canceladas. Não havia registro de vôos atrasados.

Mais conteúdo sobre:
crise aéreaaeroportosCongonhas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.