Congonhas fecha pela quarta vez no dia

Infraero nega que último fechamento esteja relacionado ao deslizamento de terra desta tarde

23 de julho de 2007 | 19h34

O Aeroporto Internacional de Congonhas, localizado na zona sul de São Paulo, fechou pela quarta vez, nesta segunda-feira, 23. Em razão da forte chuva que castiga a capital, suspenderam-se as operações na pista auxiliar entre 18h05 e 18h30.Antes, o terminal havia permanecido fechado das 10h25 às 10h55, das 11h26 às 12h55 e entre 13h05 e 13h17.   Veja também:   Não há hipótese de a verdade não vir à tona, diz Lula  Local de novo aeroporto em SP será definido até setembro, diz Lula  Lula promete investigação sobre tragédia  Leia a íntegra do Café com o Presidente FAB conclui que pane em Manaus foi barbeiragem Lula pode trocar Pires e presidente da Infraero nesta semana Participe e dê a sua opinião sobre a crise aérea Todas as notícias sobre o maior acidente aéreo do País        A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) negou que o último fechamento esteja relacionado ao deslizamento de terra que ocorreu no fim da tarde desta segunda na cabeceira da pista principal, junto à Avenida Washington Luiz.   Não há, por enquanto, informações de quanto vôos foram alternados ao longo do dia para os aeroportos de Guarulhos, na Grande São Paulo, e Viracopos, em Campinas.

Mais conteúdo sobre:
Vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.