Congestionamento nas estradas de SP começa a baixar

Ainda havia lentidão na Castelo Branco, Imigrantes, Dutra e Domênico Rangoni por volta das 21h15

Elvis Pereira, estadao.com.br

20 Fevereiro 2009 | 19h05

O tráfego continuava intenso nesta sexta-feira, 20, nas estradas que ligam a capital paulista ao litoral e ao interior, na saída para o feriadão de carnaval. Porém, já havia sinais de melhora às 21h15, segundo as principais concessionárias.   A diminuição da morosidade na Marginal do Tietê, registrada nas últimas horas, melhorou o acesso a São Paulo pela Rodovia dos Bandeirantes e pela Castelo Branco, que já não tinham congestionamentos nos trechos finais. No entanto, a Castelo tinha engarrafamento do km 19 ao 24 da pista expressa, no sentido interior, devido ao excesso de veículos. O trecho fica na região de Alphaville. Não havia problemas para quem trafegava pela Bandeirantes.   Veja também: Motorista deve ter atenção em 7 rodovias federais Trânsito nas rodovias da Dersa e do DER  Trânsito na Anchieta e Imigrantes   Trânsito na Dutra  Trânsito na Anhangüera e Bandeirantes    Trânsito na Castelo Branco e Raposo Tavares      Os motoristas que seguiam pela Imigrantes, em direção à Baixada Santista, ainda enfrentavam lentidão entre os km 65 e 70, na região dos semáforos na chegada a Santos. A Cônego Domênico Rangoni apresentava morosidade do km 274 ao 268, em Cubatão, no sentido Guarujá. Nos trechos de serra, não havia registro de acidentes, nem de estrangulamento do tráfego na última hora.   A Presidente Dutra tinha quatro trechos de lentidão no sentido Rio. O excesso de veículos gerava morosidade do km 228 ao 226, logo na saída de São Paulo, e entre os km 224 e 222, em Guarulhos. No trecho fluminense, havia morosidade em Resende, do km 303 ao 301, e em Nova Iguaçu, entre os km 175 e 172. No sentido contrário, o tráfego era pesado apenas na saída do Rio, onde havia lentidão, por excesso de veículos, entre os km 165 e 170. Não foram registrados acidentes na última hora.   Nas vias Anchieta, Anhanguera, Ayrton Senna, Carvalho Pinto, Fernão Dias, Padre Manuel da Nóbrega, Raposo Tavares e Régis Bittencourt, o tráfego era intenso, mas não provocava congestionamentos.     Atualizado às 21h37 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.