Congestionamento chega a 188 km e bate recorde em SP

Estragos causados por fortes chuvas causaram o alto índice; às 21h40, 100 km seguiam congestionados

Fabio M. Michel, estadao.com.br

06 Março 2009 | 21h45

Segundo a CET - Companhia de Engenharia de Tráfego - o congestionamento em São Paulo bateu o recorde do ano às 19h30 desta sexta-feira, 6. Naquele horário, o total de vias congestionadas chegou a 188 quilômetros. O recorde anterior, de 20 de fevereiro, foi de 176 quilômetros. Veja também: Blog do trânsito: saiba como está a situação e programe-seComo o trânsito parou SP e números da frota Dossiê Estado: os números do trânsito em SP  Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua   Os motivos para o alto índice de lentidão - 22,5% do total de vias monitoradas pela agência - foram as fortes chuvas que atingiram boa parte da região metropolitana de São Paulo, um grande número de queda de árvores e galhos (foram 37 destas ocorrências registradas, a maioria na zona leste), além da falta de energia elétrica em diversos bairros da zona leste - e também em Pinheiros, nos Jardins e no Butantã -, que deixaram uma grande quantidade de semáforos sem funcionar ou funcionando incorretamente. Também contribuiu para o transtorno sofrido pelo motorista em São Paulo um princípio de tumulto envolvendo perueiros e a polícia militar, na pista local da Marginal do Tietê, sentido Castelo Branco/Ayrton Senna, na região da Ponte da Vila Guilherme.  Um perueiro foi baleado por um soldado ao tentar furar um bloqueio, organizado pela EMTU (Empresa Municipal de Transportes Urbanos). Revoltadas, cerca de 100 pessoas protestaram e chegaram a paralisar o trânsito no local. A manifestação foi dada como encerrada pela PM às 19h30. Até as 21h40 da sexta-feira, o total de congestionamento na capital paulista ainda era de 100 quilômetros.

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.