Ana Paula Niederauer/Estadão
Ana Paula Niederauer/Estadão

Confraria do Pasmado atrai foliões com bateria de 100 integrantes

Bloco nasceu em 2003 como roda de samba dos estudantes da USP e interpreta músicas da MPB, samba-axé, samba-canção e até samba-enredo

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

04 Fevereiro 2018 | 14h57

SÃO PAULO - O Bloco Confraria do Pasmado começou a concentração de pré-carnaval às 13h na rua dos Pinheiros com a rua Francisco Leitão, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Fundado em 2003, o bloco nasceu como uma roda de samba de estudantes da USP. Em 2007, os integrantes do Confraria do Pasmado foram para a rua pela primeira vez, na Vila Madalena.

+ Carnaval de rua em SP segue exemplo de escola de samba e se profissionaliza

Desfilando todo último domingo antes do carnaval oficial, o Pasmado é um dos mais populares blocos da cidade de São Paulo que arrasta multidões em seu percurso.

Segundo Eduardo Piagge, um dos organizadores do bloco, a estrela da festa é a bateria que se apresenta com mais de 100 integrantes, interpretando músicas da MPB,  samba-axé, samba-canção e até samba-enredo. "O nosso bloco é conhecido como anarco carnaval, porque tocamos todos os tipos de música. O nosso repertório não é nada previsível", explica Piagge.

+ ‘Se não for para ir montado, não vá’, dizem foliões dos blocos paulistanos

A integrante da bateria Evelin di Stasi, afirma que as pessoas que frequentam o bloco são do bem. "A alegria, o companheirismo e a descontração fazem da Confraria do Pasmado o melhor bloco de rua de São Paulo. Não tem briga, não tem confusão," explica Evelin.

Luciane lobo megale, 45 anos, participa pela primeira vez da folia do Pasmado, trouxe os filhos Manuela Lobo Megale , 5 anos, e Alexandre Lobo Megale, de 14 anos, por acreditar que o ambiente é tranquilo e a organização está ótima.

+ Empresas se tornam parceiras e impulsionam força de blocos

Cláudia Maria Garcia, 48 anos, disse que o bloco Confraria do Pasmado tem um ambiente familiar. "Ontem estive no Largo da Batata e fiquei com má impressão do local. Teve briga, assalto, confusão. Hoje estou aqui para me divertir, porque ontem não consegui", disse Cláudia.

Bloco Gambiarra. O Gambiarra começou sua concentração às 14h na Avenida Faria Lima, em Pinheiros, zona oeste da capital paulista. Com o tema "somos todos flores", o bloco contará com o comando do cantor e ator Tiago Abravanel.

+ Bloco Gambiarra anima público com samba, pop, rock e funk

Esta é a  terceira vez dele em cima do trio elétrico com estilos musicais que vão do pop e rock ao samba e funk. Abravanel  dividirá o trio elétrico com as cantoras Gloria Groove, Ludmillah Anjos e Silvetty Montila.Segundo os organizadores, o bloco deve atrair 60 mil foliões para o desfile que termina no Largo da Batata. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.