José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Confira os melhores horários para viajar em SP no fim de semana e feriado da Consciência Negra

Cerca de 1,7 milhão de carros devem deixar a cidade de São Paulo e a Região Metropolitana rumo ao litoral ou interior

Ludimila Honorato, O Estado de S.Paulo

18 Novembro 2017 | 01h04

SÃO PAULO - Cerca de 1,7 milhão de carros devem deixar a cidade de São Paulo e a Região Metropolitana, rumo ao litoral ou interior, nesse fim de semana prolongado do feriado da Consciência Negra, segundo a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP). A previsão é menor do que no último feriado, de Finados, que calculava circulação de 2,2 milhões de veículos nas rodovias estaduais.

Confira abaixo o planejamento das estradas e se programe para viajar nos melhores horários:

Sistema Anchieta-Imigrantes. Estima-se que de 200 e 340 mil veículos deixem a capital paulista em direção ao litoral sul durante esse feriado, segundo a Ecovias. A concessionária implantou a Operação Descida a partir das 13h desta sexta-feira, 17, e deve mantê-la até 1h de sábado, 18. No domingo, 19, a operação é repetida das 9h às 12h. Nesses horários, sete faixas funcionam na direção do litoral e três no sentido São Paulo, sendo que a pista norte da Anchieta é invertida para descida. A subida será feita apenas pela pista norte da rodovia dos Imigrantes. Na volta do feriado, o tráfego deve ser intenso no domingo a partir das 17h, quando começa a Operação Subida, que vai até 21h. Nesta ocasião, o retorno à capital é feito pelas duas pistas da rodovia dos Imigrantes e pista norte da rodovia Anchieta. Na segunda-feira, 20, a operação volta a partir das 10h e permanece até 1h de terça-feira, 21.

Castello Branco-Raposo Tavares. A CCR ViaOeste estima que cerca de 500 mil veículos se desloquem durante o feriado. O maior fluxo de movimento deve ocorrer neste sábado das 7h às 11h. Na volta para a capital, na segunda, o trânsito será intenso das 11h às 21h. No domingo e na segunda, a circulação de caminhões ficará proibida entre 14h e 1h.

Anhanguera e Bandeirantes. A CCR AutoBAn, concessionária que administra a via, espera a circulação de 660 mil veículos no feriado. Os horários de maior movimento estão previstos para sábado, das 9h às 12h, e na segunda, das 15h às 21h.

Presidente Dutra. A CCR NovaDutra espera que 300 mil veículos deixem São Paulo e 185 mil saiam do Rio de Janeiro. No trecho paulista, o tráfego deve ficar intenso entre 7h e 13h de sábado. No retorno, o congestionamento fica maior na segunda, das 16h às 20h. Já no trecho fluminense, os horários de pico são no sábado, entre 7h e 13h, e, na volta de segunda, das 16h às 20h.

Tamoios. A concessionária Tamoios estima que 110 mil veículos passem pela rodovia. A operação especial de feriado começou na sexta-feira a partir das 13h, com a implantação de uma faixa adicional no trecho de Serra (do km 68 ao km 81) que permanecerá até às 17h de sábado. Os horários de maior pico serão no sábado, das 6h às 14h. Para o retorno, na segunda, o fluxo intenso será entre 12h e 22. A pista de subida ficará com duas faixas, e a de descida, com apenas uma.

Ayrton Senna e Carvalho Pinto. De 750 mil e 824 mil veículos devem passar pela rodovia, nos dois sentidos. O congestionamento deve ficar mais intenso das 7h às 11h de sábado. Para evitar a formação de filas no horário de pico, funcionários da Ecopistas, devidamente uniformizados, farão a cobrança dospedágios antes das cabines. Na volta, o maior fluxo deve ser entre 12h e 17h de segunda.

Rodoanel. A previsão é que 850 mil veículos passem pelo trecho oeste da rodovia. Os períodos de maior fluxo são apenas para o retorno na segunda, entre 7h e 8h e depois entre 17h e 18h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.