Confira o que abre e o que fecha em São Paulo no feriado

Na sexta, repartições públicas e serviços municipais terão horários alterados ou não funcionarão

estadão.com.br

08 de julho de 2010 | 15h25

SÃO PAULO - Algumas repartições públicas e serviços municipais e particulares da capital paulista terão horários alterados durante o feriado da Revolução Constitucionalista, comemorado nesta sexta-feira, 9.

 

Dentre os serviços que não funcionarão estão escolas e creches municipais, subprefeituras, postos do Poupatempo e Correios. Segundo estimativa da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), mais de 1,2 milhão de veículos devem deixar a capital paulista em direção ao litoral e ao interior do Estado de São Paulo durante o feriado.

 

Veja o que abre e o que fecha no feriado:

 

Correios: Na sexta-feira e no domingo, funciona somente a unidade do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Sábado todas agências abrem das 8h ao meio-dia.

 

Poupatempo: Todos os postos fecham na sexta-feira e no sábado funcionam normalmente.

 

Saúde: Os hospitais, os serviços de Assistência Médica Ambulatorial (AMA) 24 horas e prontos-socorros funcionarão ininterruptamente. Unidades Básicas de Saúde (UBS), AMAs Especialidades e Ambulatórios de Especialidades ficarão fechados na sexta.

 

Educação: Não haverá aula nas creches e escolas municipais. Os CEUs terão atividades culturais e esportivas durante todo o feriado.

 

Esportes: Não haverá aulas e atividades diárias com os professores e treinadores nos espaços esportivos públicos, porém eles ficam abertos, inclusive no fim de semana.

 

Abastecimento: O mercado municipal Kinjo Yamato abre das 2h às 15h; o Paulistano, das 6h às 18h; o Vila Formosa e Central Leste das 7h às 13h; Teotônio Vilela das 7h às 19h; Pirituba e da Lapa, das 7h às 14h; Guaianases, Ipiranga, Penha, Sapopemba e Tucuruvi, das 8h às 13h; Santo Amaro, das 8h às 14h e de São Miguel das 8h às 16h. O mercado municipal de Pinheiros não funcionará. Os demais permanecem abertos nos horários habituais.

 

Subprefeituras: As Praças de Atendimento não funcionarão, reabrindo na segunda-feira.

 

Cultura: Todas as bibliotecas de bairro permanecerão fechadas durante o feriado. Os teatros Artur Azevedo, Cacilda Becker, João Caetano e Paulo Eiró abrem normalmente, assim como o Monumento a Independência e o Museu do Teatro Municipal.

 

Assistência Social: Os serviços de emergência e acolhida atenderão ininterruptamente: Abrigos; Casas de Acolhida; Central de Atendimento Permanente e de Emergência; Centros de Referência da Criança e do Adolescente, e Centros de Acolhida.

 

Permanecerão fechados: o Centro de Referência de Cidadania do Idoso, Loja Social, Centro da Juventude, Restaurante-Escola, Centro para a Criança e Adolescente, Centro de Referência de Assistência Social, Coordenadoria de Assistência Social e Conselho Municipal de Assistência Social.

 

Trabalho: Os Centros de Apoio ao Trabalho (CAT), o CAT Móvel e as agências do São Paulo Confia não funcionarão.

 

Verde e Meio Ambiente: Todos os parques municipais abrirão nos horários habituais durante o feriado e o fim de semana.

Mais conteúdo sobre:
feriado9 de Julho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.