Condomínio da zona norte é o primeiro da capital a testar coleta de lixo 'high-tech'

Moradores do condomínio Nova União, em Parada de Taipas, na zona norte de São Paulo, são os primeiros da capital a ter o sistema de coleta de lixo em contêineres subterrâneos, que abrem com cartão magnético. Eles não precisam mais esperar pelo dia da coleta domiciliar. Da calçada, o que se vê é uma lixeira pequena, que só abre quando acionada pelo cartão, dado às 144 casas do Nova União.

O Estado de S.Paulo

03 Julho 2012 | 03h01

O contêiner subterrâneo tem capacidade para 20 mil litros e sensores que indicam a capacidade. Quando está quase no limite, um sinal é enviado à concessionária Loga, que manda um caminhão pegar o lixo.

Outra lixeira "high-tech" começará a ser testada hoje no Mercado Municipal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.