Condições de nove lagos da cidade serão estudadas

A qualidade de lagos artificiais como o do Parque do Ibirapuera também depende das condições dos vertedouros - sistemas hidráulicos que regulam o nível da água. A adequação desses equipamentos e das estruturas de contenção dos lagos de nove parques municipais, incluindo o Ibirapuera, serão alvo de um estudo encomendado pela Prefeitura, que já tem feito melhorias pontuais em alguns lagos.

Ana Bizzotto, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2010 | 00h00

A homologação da licitação para avaliação, diagnóstico e projetos executivos de adequação dos vertedouros foi publicada no Diário Oficial da Cidade no dia 21 de setembro. A licitação, no valor de R$ 588.124,83, foi vencida pela Hidrostudio Engenharia Ltda. O prazo para fazer os estudos é de 180 dias a partir do recebimento da ordem de serviço.

"Eles (Prefeitura) estão com pressa nisso. Vamos entregar na segunda-feira a garantia do contrato. Acredito que a ordem de serviço será dada semana que vem", afirma Ruy Juji Kubota, sócio e diretor da empresa.

Segundo ele, lagos geralmente são feitos em locais aterrados - o Ibirapuera é um deles. Muitos, portanto, estão diretamente sobre a terra. "Já os vertedouros são de concreto. Mas com tanta água mole em pedra dura, de vez em quando se deve dar uma olhada. Mesmo estruturas de concreto não são eternas."

A Hidrostudio vai inspecionar as estruturas de contenção e os vertedouros para avaliar se há problemas. "Temos de diagnosticar as condições para ver se precisam passar por reformas. Detectando algum problema, elaboraremos um projeto executivo claro o suficiente para que a Prefeitura contrate uma empreiteira para a obra. A meta é garantir segurança e durabilidade das estruturas", diz Kubota. Para ele, a preocupação da Prefeitura ao pedir o estudo é "não permitir que ocorra um novo acidente como o da Aclimação (veja acima)".

Segundo a Secretaria do Verde, "cuidados constantes" têm sido feitos em lagos de alguns parques. No Carmo, estudos de manejo estão "em processamento" e a batimetria foi feita. Houve plantio de 17 mil mudas nas margens e em 2007 foi instalado novo vertedouro. No Piqueri, foi feito plantio nas margens e no Alfredo Volpi o diagnóstico do assoreamento e plantio. No Cidade de Toronto, houve estudos de manejo e conservação.

LISTA

Ibirapuera

Cidade de Toronto

Carmo

Piqueri

Alfredo Volpi

Burle Marx

Chico Mendes

Jacques Cousteau

Parque da Luz

PARA LEMBRAR

Reparo na Aclimação vai durar 5 meses

O lago do Parque da Aclimação, na região central, também está em obras, com o nível de água 1,5 m abaixo do normal - a profundidade varia de 1 m a 3,5 m. A obra de troca do vertedouro, sistema hidráulico que regula o nível da água, vai durar cinco meses. Uma chuva forte em 23 de fevereiro de 2009 elevou o nível da água e a parte inferior da tubulação se rompeu. O resultado foi o esvaziamento do lago em menos de uma hora. Lodo e vários peixes saíram pelo sistema de drenagem e caíram nas ruas vizinhas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.