Condenada jovem que mandou assaltar a mãe

A estudante de Direito Lauren Maya Portella Silva dos Santos, de 21 anos, foi condenada ontem pela 6.ª Vara Criminal de Nova Iguaçu (RJ) a 7 anos e 8 meses de prisão por roubar o carro da mãe, a professora universitária Mauren Christian Portella da Silva, em 2009. Ela foi ameaçada de morte no assalto. Gravações telefônicas confirmaram que Lauren e o namorado, o office-boy Marcos Vinícius de Souza Almeida, planejaram o crime. A Justiça decretou a prisão cautelar da jovem. Outros três envolvidos estão presos.

, O Estado de S.Paulo

25 Fevereiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.