Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Concessionárias estimam baixa circulação de carros em estradas que ligam ao litoral e interior de SP

Rodovias têm painéis com mensagens para respeitar o isolamento social e evitar a proliferação no novo coronavírus 

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2020 | 12h56

O feriado prolongado de Páscoa 2020, entre sexta-feira, 10 e domingo, 12, deve ter baixa circulação de veículos entre as rodovias que ligam ao litoral e interior do Estado de São Paulo devido a pandemia da covid-19, segundo concessionárias que administram as rodovias.

Diferentemente dos anos anteriores, as concessionárias não irão divulgar previsão de tráfego em função da ausência de dados que permitam informações assertivas.

A Ecovias, concessionária do Sistema Anchieta-Imigrantes, informou que o tráfego de veículos está liberado mas que, desde o início da quarentena determinada pelo governo de São Paulo, tem dado orientações aos motoristas para evitar viagens durante o feriado nas estradas que ligam ao litoral. A empresa desenvolveu uma campanha de comunicação que foi divulgada no site, em painéis nas estradas, em um 0800 e nas redes sociais.

Nos trechos rodoviários, administrados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que ligam ao litoral de São Paulo, a movimentação de veículos também está liberada, mas há informações aos usuários da via para evitar o tráfego nas estradas. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, a campanha além de ser feita nas redes sociais também está sendo veiculada em painéis da estrada SP 055 nos trechos do litoral norte entre Bertioga - São Sebastião, São Sebastião - Caraguatatuba, Caraguatatuba - Ubatuba e no litoral sul no trecho entre Praia Grande e Peruíbe. O DER informou que as rodovias estão com tráfego liberado.

A CCR AutoBAn, concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, informou que durante a operação Semana Santa, não haverá restrição de tráfego de veículos nas rodovias. Também não haverá restrição de caminhões na Rodovia dos Bandeirantes no trecho entre Jundiaí e São Paulo. A portaria  SUP/DER-22, de 26 de março de 2020, suspendeu a Operação Caminhão, que restringe o tráfego de caminhões entre os quilômetros 48 ao 23 da pista sul (sentido Capital) da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) , das 14 às 22 horas de domingos e feriados.

Segundo a Autoban, a empresa continuará com as medidas de apoio aos caminhoneiros realizadas durante a pandemia, com a distribuição de kits alimentação e higiene dos quilômetros 37 da pista norte - sentido interior - da Via Anhanguera e 40 da pista norte da Rodovia dos Bandeirantes, ambos na região de Cajamar, bem como entrega de vale marmita nos postos de serviço dos quilômetros 38 da pista sul - sentido capital - da Rodovia dos Bandeirantes, 68 da pista norte - sentido interior - da Rodovia dos Bandeirantes, 140 da pista sul - sentido capital - da Via Anhanguera, e 150 da pista norte - sentido interior - da Via Anhanguera.

A CCR Viaoeste, concessionária que administra as rodovia Castelo Branco e Raposo Tavares, informou que o tráfego na estrada está liberado, mas que há painéis informativos com mensagens para respeitar o isolamento social e evitar a proliferação do novo coronavírus.

Em coletiva nesta quarta-feira, 8,  e  quinta-feira, 9, o governador João Doria (PSDB) pediu que as pessoas não viajem e que fiquem em casa neste feriado. O governo de São Paulo não vai instalar bloqueios ou impor restrições de utilização das rodovias paulistas durante o período de quarentena. Apesar disso, o acesso às praias não está liberado. 

De acordo com o governador, os prefeitos das cidades do litoral estão preocupados com um possível deslocamento de pessoas neste feriado, o que poderia acarretar uma sobrecarga no sistema de saúde dessas cidades.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.